6 dicas para a manutenção da sua fossa séptica

As fossas sépticas são utilizadas em residências, restaurantes, condomínios entre outros estabelecimentos, quando estes não possuem a rede coletora de esgoto. Normalmente essas fossas são encontradas em áreas distantes dos centros urbanos e para evitar que transbordem e contaminem o solo, são necessários alguns cuidados que possibilitem o seu funcionamento em perfeitas condições.

Para que fique mais fácil de manter a fossa séptica sempre em bom funcionamento, leia estas 5 dicas e coloque-as em prática para evitar problemas futuros, afinal a sua saúde também está em jogo.

Limpeza em dia
A principal função das fossas é a separação de substâncias sólidas da água. Quando estas substâncias sólidas estão em um nível alto, a purificação da água fica comprometida, que pode causar o transbordamento do esgoto.

Cuidado com dejetos
Dejetos gordurosos como o óleo de cozinha e a gordura dos alimentos, podem causar entupimento na sua fossa séptica. Por isso, descarte esse tipo de gordura em locais próprios e dê o destino correto.

Preste atenção no escoamento da água
Observe a água da privada. Quando a água estiver descendo devagar, pode ser que haja um entupimento ou a fossa esteja cheia.

Periodicidade da limpeza
Esse é um fator que depende do tamanho do reservatório, quantidade de pessoas que usam a fossa e o fluxo de água que este reservatório recebe. No entanto, a limpeza pode ser realizada entre 1 a 3 anos de forma regular.

Chame um especialista
Para economizar, algumas pessoas realizam a limpeza da fossa sem possuir conhecimento e equipamentos adequados. Isso pode danificar a tubulação da fossa e causar sérios problemas.
A Trombim possui toda a experiência e trabalha de acordo com a regulamentação vigente para garantir que a sua fossa não tenha problemas e respeitando o meio ambiente, destinando os resíduos em locais apropriados.

Precisa de ajuda com limpeza de fossa séptica? Entre em contato conosco!

Trombim Saúde Ambiental

Open