Animais seguros durante a dedetização com 8 dicas

Embora menos tóxica nos dias de hoje, a dedetização ainda oferece riscos, especialmente para animais domésticos. E quem tem pet em casa sabe que eles são parte da família e nos preocupamos com eles. Porém, ninguém quer baratas, formigas e outros animais indesejáveis andando pela casa certo? O único animal que queremos é nosso pet e sendo assim, se você optou pela dedetização, alguns cuidados são essenciais.

1 – Enquanto a dedetização estiver sendo feita, leve seu pet para outro lugar. Assim ele não fica curioso e não corre o risco de ser intoxicado.

2 – O tempo mínimo após a dedetização, é deixar o animal por 6 horas longe do ambiente dedetizado. Mas, se possível, deixe-o por 24 horas fora, até que tenha tempo de limpar o local.

3 – Em caso de aplicação de gel ou iscas, elas devem ser colocadas em locais de difícil acesso aos pets, e claro, das crianças também.

4 – Não deixe seu pet perto dos animais que eventualmente aparecem mortos, pois a ingestão deles, pode causar danos à saúde.

5 – Fique de olho no seu pet após a dedetização, restringindo sua movimentação. Cães costumam encontrar coisas que você não consegue ver, como por exemplo, em cantos e ralos, e os gatos adoram caçar insetos.

6 – Insetos encontrados após a dedetização devem ser imediatamente recolhidos.

7 – Sinais de que seu pet pode ter se intoxicado: vômitos, diarreia, salivação, tremores, sangramento, manchas estranhas e coordenação motora afetada.

A dedetização é segura e benéfica para sua casa! Mas para garantir a saúde de todos, o ideal é chamar quem entende!

 

Leia também: Quando limpar a caixa de gordura?

Trombim Saúde Ambiental

Open